Blog-Novidades

Precos e













 formas de pagamento

Fale conosco

Quem somos

Bolsas-Clique_para_acessar

Vestidos-Clique_para_acessar

Camisetes-Clique_para_acessar

Infantil-Clique_para_acessar

Batas-Clique_para_acessar

Ajude_a_cuidar_da_casa

Ouro-Preto_e_o_Artesanato_Mineiro

Tweets_da_DOuroPreto

Facebook_da_DOuroPreto

 

 

-

borb-load-pp

 

 

 

 

regua_bordado

Vestido serie Biomas-Mata Atlantica

Peça mãe da linha Mata Atlantica.Esta unidade não está a venda,mas os bordados da peça podem ser feitos individualmente no modelo de sua escolha.Desenhado e bordado a mao nas cores da entidade retratada.

ID# : VBMTA

SOS Mata Atlantica A mata remanescente vem sendo sistemáticamente destruída.
Clique na imagem ao lado e conheça a extensao do problema:

------------------------------------------------------
Pesquisa e desenho: Isis
Bordado: Ma.de Lourdes/Vania
Documentaçao e logística:
------------------------------------------------------
A história da Mata Atlântica tem seu início há 50 milhoes de anos.
Ao longo desse tempo, no período Quaternário, a floresta passou por períodos de fragmentaçoes e
expansoes, em decorrencias das inúmeras eras Glaciais que ocorreram durante esse período.
Nos períodos em que o planeta se encontrava com temperaturas mais baixas,
os refúgios eram centros em que a biodiversidade florestal evoluía de forma isolada.
Essa hipótese pode explicar a enorme diversidade desse bioma, tal como seu alto grau de endemismo.
É notável que exatamente o sul da Bahia, norte do Espírito Santo e litoral de Pernambuco sao centros
de endemismo na Mata Atlântica e os registros de pólen demonstram que tais regioes eram refúgios
no final do Pleistoceno.Concomitante a relativa estabilidade no nordeste brasileiro,
havia uma instabilidade climática a sudeste, embora isso parece nao ter evitado endemismo de alguns
táxons de anfíbios amplamente distribuídos.Essa instabilidade climática no sudeste e
sul do Brasil tinha como consequencia o surgimento de outras fitofisionomias que nao eram florestadas:
estudos paleoclimáticos utilizando pólen demonstram que o sudeste e sul passaram por inúmero momentos
 em que as florestas eram substituídas por formaçoes abertas, como pradarias. Mais especificamente, a Mata de
Araucária, chegou a ocorrer até a latitudes em torno de 19o (muito ao norte do que ocorre atualmente) durante as
glaciaçoes, sendo substituída pela floresta estacional semidecidual há cerca de 10.000 anos,
quando o clima voltou a ficar mais quente.
A primeira leva de colonizadores humanos na regiao da Mata Atlântica data de aproximadamente 8-10 mil anos atrás,
como evidenciado por achados arqueológicos em Lagoa Santa, Minas Gerais.Esses colonizadores
 já impactaram o ambiente com atividades agricultoras itinerantes (atividades agrícolas em sistemas agroflorestais,
baseado em queimada e derrubada, principalmente do sub-bosque) após sua chegada, principalmente em regioes
em que as queimadas para o cultivo eram mais frequentes, ocorrendo savanizaçao. Existe a hipótese de que os pampas
surgiram decorrente das intensas queimadas provocadas por povos indígenas,
já que vestígios mostram que a regiao era florestada há cerca de 5 mil anos. É provável que toda a
mata da baixada litorânea tivesse sido, pelo menos uma vez, modificada para o cultivo pelos tupis.
É interessante que uma das fitofisionomias mais conhecidas, a Mata de Araucária atual, pode ter surgido
decorrente do manejo feito por agricultores itinerantes da Araucaria angustifolia. Também, a agricultura
itinerante é praticada até hoje por vários grupos caiçaras e quilombolas do litoral do Rio de Janeiro e Sao Paulo.
(fonte:Wikipedia)


 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


published with CatGen 
Published with OpenEntry